O que é aromaterapia e quais são os seus benefícios?

Aromaterapia é uma disciplina terapêutica baseada em envolver-nos numa agradável sensação de harmonia e felicidade, a fim de nos fortalecer mentalmente e despertar a energia interior necessária para a cura.

Se quiser optar por uma alternativa aos spas tradicionais ou centros de massagem, pode estar interessado neste tipo de tratamento natural que tem tantos benefícios para a saúde mental e física. A seguir, dizemos com mais detalhes o que é aromaterapia, em que consiste e quais são os seus benefícios.

O que é aromaterapia?

Aromaterapia é uma técnica terapêutica que utiliza os óleos aromáticos de várias plantas, bosques e flores da natureza para ajudar a curar ou reduzir os sintomas de certas doenças ou problemas de saúde, como ansiedade ou depressão. Consiste principalmente em promover o relaxamento através do aroma dado pelos óleos essenciais, que têm um efeito directo sobre a mente e o corpo. 

Vários estudos científicos têm demonstrado o poder dos óleos essenciais para alterar a percepção da dor, reduzir os níveis de ansiedade ou aliviar o desconforto físico e mental. É por isso que cada vez mais países, como o Japão e os EUA, estão introduzindo esta técnica em diferentes áreas da vida, como em hospitais para ajudar os pacientes a melhorar seu humor ou em escritórios para criar um ambiente de trabalho mais agradável.

Esta terapia também se concentra no sentido do olfato, pois a área do cérebro associada a este sentido é a mesma área onde se encontra a memória. Daí o famoso termo conhecido como "memória olfativa", de que falamos com mais profundidade no post. É por isso que as pessoas respondem aos odores de uma forma muito melhor do que com outros sentidos. Às vezes um cheiro é a melhor maneira de despertar memórias que pensávamos ter esquecido.

Benefícios da aromaterapia para o sono e a ansiedade

Benefícios da aromaterapia

  • Para a ansiedade e o stress: graças às propriedades relaxantes dos óleos aromáticos de plantas e flores, a aromaterapia é muito popular pela sua capacidade de combater a ansiedade e a depressão.
  • Aromaterapia para o sono: esta é também uma técnica que o ajudará a combater a insónia e a adormecer. 
  • Desconforto gastrintestinal: ajuda a regular a flora intestinal.
  • Infecções respiratórias e outras doenças: Aromaterapia também é usada como complemento à medicina para tratar e aliviar os sintomas de algumas doenças ou problemas de saúde como bronquite, artrite, resfriados, dermatites, eczema de pele, cãibras, problemas circulatórios ou mesmo ressacas.
  • Melhora a qualidade de vida: Aromaterapia é uma técnica que todos podem colocar em prática, pois promove o relaxamento e envolve-o numa sensação de total tranquilidade. Ajuda a melhorar a concentração, a entrar em contacto com o seu "eu interior" e, em geral, a melhorar a qualidade da sua vida. 

Como é aplicado este tratamento?

Existem diferentes formas de aplicar este tratamento e desfrutar de todos os seus benefícios e propriedades. As duas mais populares são estas:

  • Via aérea ou respiratória: a melhor técnica para inalação directa é ferver água juntamente com óleos essenciais puros, de modo a que o aroma concentrado no vapor de água seja inalado através do sistema respiratório.
  • Através da pele: é também muito comum que os óleos essenciais sejam absorvidos através da pele, pois as moléculas aromáticas chegam rapidamente ao sistema circulatório através da pele. Para uma absorção adequada, é melhor massajar a área a que são aplicados. Cremes, sais de banho ou óleos essenciais diluídos em outros óleos vegetais podem ser utilizados para este fim. Também pode experimentar um banho aromático com essências aromáticas para uma sensação de relaxamento e bem-estar total.

Óleos essenciais mais utilizados em aromaterapia

Óleos usados em aromaterapia

Os óleos essenciais de plantas e flores são os protagonistas indiscutíveis da aromaterapia. Já nos tempos antigos, em civilizações como a China e o Egito, eles eram usados para embalsamar corpos em rituais fúnebres ou para outros fins medicinais. Por outro lado, na época medieval e renascentista também era muito comum que os médicos os utilizassem para combater os sintomas de certas doenças, graças às suas propriedades.

Quanto aos óleos mais comumente usados na aromaterapia. Alfazema, alecrim, ylang ylang, árvore de chá ou óleo de bergamota são alguns dos óleos mais populares utilizados nesta técnica graças às suas múltiplas propriedades. Dependendo dos óleos utilizados, a aromaterapia terá diferentes benefícios para a saúde. A propósito! Recomendamos-lhe que consulte o nosso post sobre os melhores óleos essenciais para perfumes com aromas muito agradáveis e requintados.

Como pode ver, a aromaterapia é uma técnica natural cheia de benefícios que sem dúvida melhorará a sua vida. Se ainda não experimentou, de que está à espera?